O Coletivo Rebento, formado por jornalistas, documentaristas e artistas, iniciou em 2015 a produção da websérie “O Filho dos Outros” com o objetivo de ajudar a qualificar o debate público sobre a redução da maioridade penal a partir da voz da juventude e de pesquisadores que estão debruçados sobre o tema e suas várias vertentes.

Contando basicamente com os recursos obtidos por meio de campanha de financiamento coletivo do Catarse foram produzidos quatro episódios, com duração de 13 a 18 minutos, que começaram a ser divulgados pelos canais do YouTube e Facebook. Há divulgado pelo Coletivo Rebento o seguinte cronograma de divulgação dos episódios, sempre disponibilizados pelos canais do Grupo às 10 horas da manhã:

1º Ep – 22/03 (qua) – “Pea”

2º Ep – 24/03 (qui) – “Salmo 121”

3º Ep – 28/03 (ter) – “Ovelha Negra”

4º Ep – 30/03 (qui) – “Roda Gigante”

O Coletivo divulgou, ainda, a sinopse de cada episódio:

Episódio 1: “Pea”

Parte do Coletivo Rebento acompanhou a situação do sistema socioeducativo do Ceará marcado por rebeliões, denúncias de torturas e maus tratos contra os adolescentes internos. Entrevistamos especialistas, entidades de proteção à criança e ao adolescente e outras que acompanham a situação de perto. Entramos em algumas unidades mostrando uma situação degradante e a necessidade de se repensar o modo de funcionamento do sistema.

Assista aqui:

Episódio 2: “Salmo 121”

No segundo episódio acompanhamos a história de mães e ex-internos que passaram pela antiga Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem), atual Fundação Casa, e que contam a experiência da internação e os impactos sociais e psicológicos desse processo na vida dos jovens e de suas famílias.

Episódio 3: “Ovelha negra”

Este episódio discute a entrada de jovens e adolescente no mundo do crime explorando as razões que levem eles a trilhar tais caminhos. Ao mesmo tempo em que contamos essas histórias por meio de história de ex-internos, abordamos o processo de formação e expansão do Primeiro Comando da Capital (PCC) que atualmente domina um percentual importante dos presídios no Brasil.

Episódio 4: “Roda Gigante”

Este episódio é uma imersão no universo da juventude de periferia que se encontra em rolezinhos, bailes funks e redes sociais e afirma sua identidade na produção cultural e seus modos de comportamento. Porém, apesar da sociedade consumir suas músicas e seus signos culturais que essa juventude produz estes jovens são alvo de preconceito e criminalização.

Você pode acompanhar tudo pelos canais:

Facebook: www.facebook.com/ofilhodosoutros

YouTube: www.youtube.com/ofilhodosoutros